"As declarações contidas neste blog possuem caráter informativo. Consulte um profissional para uma alimentação individualizada e exercícios físicos adequados. Todos os comentários deste blog são respondidos no próprio blog e apenas a postagem mais recentes podem receber comentários. Sejam bem vindos, obrigada pelo carinho e voltem sempre"!

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Desejo do dia!

Meu Adidas já vai fazer um ano e como estou pensando em correr pelo menos 2x por semana juntamente com os treinos, estou procurando o melhor tênis para usar nos treinos e nas corridas. A Asics além de ter modelos lindos e super descolados, modernos e coloridos do jeito que eu gosto, confecciona seus produtos de forma a garantir o conforto e melhor adaptação aos pés. Minha aquisição dos próximos dias será esta.

Não é lindo?
Tênis Asics Gel Noosa Tri 8 W FemininoPreto/Branco/Pink


    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

    Receita de abobrinha recheada com creme de ricota

    Olá, pessoas lindas do meu coração. Estou tentando deixar meus seguidores mais atualizados. Tanto no Facebook quanto aqui no blog. A vida está uma correria, mas estou me dedicando da forma que posso. Tenho um grande projeto para este ano de 2013 que tem como objetivo incentivar o máximo de pessoas que eu puder com meu exemplo. Ele ainda está no papel sendo esmiuçado, mas em breve, creio que será concretizado. Se for permissão de Deus.
    Hoje, trago mais uma das minhas receitinhas. Adoro inventar receitas. Manter uma vida saudável com alimentos gostosos não é fácil, mas pra quem gosta de cozinhar e tem criatividade, é possível criar muitas opções para não cair na mesmice de comer apenas frango e salada.
    Vamos à nossa receitinha? Anote os ingredientes.


    Ingredientes
    • 1 abobrinha média
    • 250g de ricota
    • 2 colheres de sopa de requeijão
    • 1 colher de sopa de azeite de oliva
    • 3 colheres de sopa de milho verde
    • 2 colheres de sopa de uva passas.


    obs: quiser, pode acrescentar azeitonas picadas ou processadas no liquidificador, cebolinha e cheiro verde.


    Lave a abobrinha e corte os fundos. Divida-a em 4 rodelas, retire parte do miolo e leve para cozinhar no vapor em fogo brando por cerca de 10 a 15 minutos. Espere esfriar e recheie com o creme de ricota. Sirva em seguida.

    Para o creme, amasse a ricota com um garfo, acrescente o requeijão e o azeite e misture até que fique homogêneo. Depois acrescente o milho verde, as uvas passas e as outras opções indicadas nesta receita, se preferir. 

    Bom apetite!

    Sugestão para servir: com arroz integral, 
    feijão e peito de frango.


    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

    Alcool, dieta e musculação.

    Olá, pessoal. Hoje quero falar sobre um assunto que é dilema na vida de muitas pessoas que praticam atividade física e fazem dieta: bebidas alcóolicas. 
    Eu parei de beber e fumar há mais ou menos 3 anos. Muito antes de decidir emagrecer. Na verdade, disparei a engordar bem depois disso. Não parei porque estava engordando, parei porque minha saúde e meu emocional pediam isso. Não me arrependo um segundo sequer da escolha que eu fiz.
    Todos sabem que o álcool é totalmente catabólico, além de prejudicar em diversos fatores isolados para quem é praticante de musculação. Há nutrientes que são essenciais neste processo que os atletas fazem ingestão aumentada, para melhorar a performance no treino, o álcool tem a capacidade de diminuir a absorção desses nutrientes fazendo o efeito contrário ao desejado. Existem estudos que comprovam que a ingestão frequente de bebidas alcoólicas, diminui os níveis de testosterona.

    Muitos se perguntam: “Como o álcool pode atrapalhar meus ganhos? É claro, existem aqueles que nem têm noção do quanto que o álcool pode prejudicar os resultados na musculação. Alguns pontos importantes a respeito da ingestão de bebida que devem ampliar o conhecimento a respeito dos malefícios que ela pode trazer aos praticantes de musculação ou mesmo de outros esportes. É muito comum ver pessoas que passam a semana toda seguindo “dieta”, seja com objetivo de ganho de massa muscular, emagrecimento ou definição. Mas, ao chegar o fim de semana, é de lei “sair para beber” ou “tomar a cervejinha sagrada”. É quase impossível ficar sem beber. É também bastante comum escutarmos essas mesmas pessoas reclamarem da falta de resultados expressivos em seus objetivos. Elas se questionam até porque seguem dietas restritas e mesmo assim não conseguem atingir bons resultados em seus objetivos. Você pode até ter uma dieta bem montada e um treinamento bem elaborado — e ter disciplina em segui-los —, mas não adianta todo seu esforço se você não consegue ver que bebida alcoólica e desenvolvimento muscular não combinam. São lados opostos, onde a bebida pode ser considerada como a “sabotadora” de resultados.

    Álcool vs emagrecimento

    Em dietas para perder peso ou ganhar definição, o consumo de calorias diárias costuma ser bem restrito. Muitas pessoas, apesar de seguirem suas dietas durante a semana, pecam ao consumir bebidas alcoólicas durante suas dietas. Com apenas um copo de cerveja você ter estragadoo toda ela. Pense duas vezes antes de beber, pois pode parecer que não, mais isso interfere e muito no resultado final. Dependendo da restrição de calorias que contém a sua dieta, um copo de bebida é capaz de acabar com o esforço e disciplina de uma semana inteira!
    As bebidas alcoólicas contêm muitas calorias!
    Vale lembrar que, muitas vezes, junto com o consumo do álcool, vem o famoso “tira-gosto”, que geralmente são engordurados, frituras, etc. Mesmo em pequenas quantidades, já se torna devastador para acabar com qualquer sucesso em termos de resultados de emagrecimento e/ou definição:
    • 1 grama de proteína = 4 calorias;
    • 1 grama de carboidrato = 4 calorias;
    • 1 grama de álcool = 7 calorias;
    • 1 grama de gordura = 9 calorias.
    Observe que o álcool só perde, em quantidade calórica, para as gorduras. Geralmente, as pessoas cortam os alimentos gordurosos quando estão em dieta, mais ainda sim, mantém a bebida no final de semana.
    E ainda existem aqueles que comem menos com medo de ganhar peso e mesmo assim mantém o consumo de bebida alcoólica, o que é um grande erro. A verdade é que as pessoas teimam em temer a comida. Muitos trocam a comida pela bebida, comem menos e bebem mais, e não entendem porque não conseguem emagrecer, já que quase não comem. É uma seqüência absurda de erros cometidos que acabam comprometendo o bom funcionamento do organismo, a saúde e a obtenção de resultados concretos em seus objetivos.

    Álcool e ganho de massa muscular

    O álcool prejudica os ganhos de massa muscular. Se você procura ganho de massa muscular, não existe coisa pior que o consumo de bebidas alcoólicas. O fator principal para quem procura aumento de massa muscular é a alimentação. Se a alimentação é falha, se faltam nutrientes, vitaminas, etc, os ganhos de massa muscular acabem sendo comprometidos. Mesmo que o individuo tenha um bom treinamento e alimentação, seu rendimento e seus ganhos, podem acabar bastante comprometidos devido ao fato de que seu corpo não conseguirá obter os nutrientes e vitaminas como realmente necessitaria.
    Ninguém cresce durante aumenta a massa muscular durante o treinamento ou dentro da academia. É fora da academia, durante o descanso, que o individuo irá crescer. Por isso são necessárias boas noites de sono e a manutenção de uma boa alimentação, não só ao longo do dia como durante a semana toda.

    Observe os efeitos da bebida alcoólica dentro do organismo:

    •  Atrapalha a capacidade do organismo em absorver os nutrientes;
    • Causa desidratação do organismo;
    • Diminui a taxa de açúcar no sangue;
    • Eleva os níveis de cortisol (hormônio do catabolismo);
    • Diminui os níveis de testosterona;
    • Causa deficiência de vitaminas B1, B2, B6, B12 e C. Vitaminas de extrema importância para aqueles que procuram aumento de massa muscular.
    Mesmo sendo bem calórico, o álcool prejudica o organismo, que fica deficiente de vitaminas, sais minerais e proteínas. Ele é rapidamente absorvido pelo corpo e acaba atrapalhando o metabolismo e a capacidade do seu organismo em restabelecer a glicemia (presença de açúcar no sangue). Mesmo bem alimentado, o organismo não consegue absorver bem os componentes dos alimentos, através do intestino delgado — principalmente as vitaminas B1, B6, B3 e o ácido fólico. Isso faz com que a pessoa tenha falta de apetite, e essa deficiência alimentar provoca reações danosas, causadas também pela queda acentuada de potássio, magnésio, cálcio, zinco e fósforo. Estudos recentes também comprovam que o álcool diminuiria os níveis de testosterona do corpo. É muito complicado uma pessoa adquirir uma razoável quantidade de massa muscular “enchendo a cara” sempre. Quem procura aumento de massa muscular sabe o quanto uma boa alimentação e o descanso são fundamentais. Logo, o álcool somente vai prejudicar e/ou retardar os seus resultados.